jump to navigation

“É preciso ter asas quando se ama o abismo” Wednesday, December 31, 2008

Posted by Ágata in Vale a pena.
add a comment

Li essa frase nem lembro aonde um tempo atrás. DIzia que era de Nietzsche, não consegui confirmar. Mas amei.

E 2008 acaba hoje. E é estranho porque eu fico pensando nesse ano, e não consigo diferenciar de 2007. Claro, 2007 foi muuuuuuuito pior que 2008, mas os dois anos se completam, porque todos os ciclos se fecharam nesses dois anos. Foram anos parecidos: um ruim e outro bom. Agora 2009 vai ser uma coisa totalmente diferente. Em 2007 comecei a me distanciar da UFRJ e comecei a me decidar só ao trabalho, em 2008 eu chutei a UFRJ de vez, decidi que queria PUC e tive todo o apoio e reconhecimento que precisava no trabalho. Eu sei qual a minha profissão, eu sou muito boa nela. Eu sei o que eu quero, e eu vou buscar. Eu consegui ficar de pé, apesar de tudo que aconteceu. Eu cheguei até aqui. Tenho 20 anos, e cheguei até aqui. E sei que 2009, que vai ser dos meus 21 anos, vai ser melhor ainda.

Porque eu vou me jogar de cabeça nesse ano maravilhoso que vai ser 2009. Aprendi a amar o abismo em 2007. Aprendi a criar asas em 2008. Em 2009, eu vou voar.

Feliz ano-novo pra todos vocês =)

Advertisements

O que eu aprendi (ou re-aprendi) a amar em 2008 Tuesday, December 30, 2008

Posted by Ágata in Pensando....
add a comment

-> A ficar sozinha. De verdade. Certo, em exagero é ruim, mas nossa… faz uma falta, viu
-> A trabalhar sob tensão. Ainda é meio difícil, as vezes, saber equilibrar a tensão com o que é impossível, mas no geral eu rendo mais, me sinto mais produtiva
-> Gastar dinheiro comprando presentes. Tão bom poder presentear os outros!
-> Pagar coisas sempre à vista. Tipo “I got the power!” xD
-> Cabelo curto. Passei a achar a coisa mais fofa do mundo
(more…)

A segunda vez que te conheci – Marcelo Rubens Paiva Sunday, December 28, 2008

Posted by Ágata in Citações.
Tags: , , , ,
add a comment

O amor não acaba. Deixa rastro. Na esquina em que se beijaram uma vez, lá está ele, na poeira suspensa, na revolta da memória. Na solidão do domingo, lá vem ele, volta com lamento, um desespero. No teatro, no palco de história de amor, no cinemaa, na tela com beijos e risos, na tevê, que inveja, já tive um amor igual. Onde ele se escondeu?

Bye bye o/ Tuesday, December 23, 2008

Posted by Ágata in "Querido Diário".
1 comment so far

Malas prontas (feitas de última hora, pra variar), MP3 com músicas novas e que passou boa parte do dia carregando, e uma preguiça de desligar o notebook pra guardar ele e seus gadgets, porque ainda tá cedo e eu to muito seriamente pensando em pegar um ônibus pra rodoviária que fica mais fácil (só da preguiça de ter ficado com uma mala a mais – isso de comprar presente, viu? – e ter que levar tudo pro ponto de ônibus).

E lá vou eu pras minhas “férias” de CINCO DIAS em São Paulo. Credo, acho que depois dessa eu não vou querer ver aquela terra tão cedo, mas é bom… espero que seja divertido. Tá que não vai ser nada divertido aguentar o engarrafamento que eu estou prevendo que vou pegar, mas nada é perfeito. =P

(more…)

Scappare – Zero Assoluto Monday, December 22, 2008

Posted by Ágata in Música.
Tags: , ,
add a comment

E’ troppo tempo
Che sto sempre a parlare
E sento che mi perdo dietro ad un miraggio
E sono stanco
Di riuscire a trovare
Giustificazioni per quello che faccio
E se ti perdo
Anche solo un istante
E’ tutto inutile
Il senso lo dai tu a questa storia
E se ti guardo negli occhi
Non mi trovi più

Ci sta un momento
In cui perdo di vista
Tutti gli obbiettivi e casco giù
Non voglio niente
Solo un po’ di silenzio
Perdermi nel tempo che non c’è più
E spero sempre
Che tu riesca a capirmi

E questa notte c’ho bisogno di tenerti la mano
E se mi lasci non mi trovi più

Scappare
Senza dire niente

Piuttosto pensa male di me
Ho voglia solo di andare
Via ma non è il caso
Che adesso te la prendi con me
Il tempo di pensare
Tanto ritorno perché il mio posto è qua
Un giorno per scappare
Tutto mi torna
E mi nascondo fino a domani

Tu non sai il tempo che ci penso…

Oggi che non so che fare
Libero pure di non pensare a come stare
Oggi che mi svuoto la testa
Lascio i miei pensieri di ieri niente fretta
Oggi so che è solo un momento
Giusto un po’
Prendo fiato e poi scendo
Oggi puoi basta che vuoi
Fuori dal mondo questa sera siamo noi

Ho bisogno di fermare
Non mi rincorrere…
E se hai bisogno di capire
Non lo pretendere…

e stasera non insistere
Questa volta non mi va

(more…)

Quase-semi-férias Sunday, December 21, 2008

Posted by Ágata in "Querido Diário", Música.
add a comment

Agora é só dar um gás hoje a noite, amanhã e terça, e pronto. Vou pra SP, e só volto segunda que vem – eu e meu notebook coisa-mais-linda, pra aproveitar o natal, dar presentes, ver a cara de bunda da parentada, essas coisinhas legais assim. É só chegar até terça, que quase uma semana vão ser férias como eu não tenho há um bom tempo ^^

Ultimamente tem sido tudo muito bom, apesar de as vezes meio complicado. Mas é válido. O problema principal ainda está longe de se solucionar, mas vai ter que ser solucionado essa semana mesmo assim. Enquanto isso, como não adianta nada ficar nervosa, vou tomando milkshake na Praça XV, zanzando pela noite na garoa, comendo pizza e batendo papo sobre absolutamente tudo, conhecendo gatinhos no sentido literal da coisa (Madruguinha, Elizabeth e Estrela são as coisas MAIS LINDAS!)

(more…)

E assim é a vida Wednesday, December 17, 2008

Posted by Ágata in Pensando....
add a comment

O que já era meu, é meu de volta.

O que eu conquistei nesse meio tempo também é meu.

E o que está me esperando também é meu, no máximo ainda não sabe disso.

Ou, se bobear, você até sabe… tenho certeza que já sabe ;)

Ócio, preguiça, etc e tal Sunday, December 14, 2008

Posted by Ágata in Pensando..., Textos aleatórios.
1 comment so far

Ah, cara.

Dormir é uma coisa tão mágina. Passar um sábado todo sem fazer porra nenhuma também é uma coisa tão boa. Músicas, lastfm de novo, fotos, orkut e msn, papo em dia, passeios por Copa, risadas e risadas….

Hoje tem essa chuva chata, tem trabalho e vai ter muito pouco sono, e agora no finzinho da noite também teve uma certa inquietude. A semana que vem vai ser bem corrida. Mas vai ser um corrida boa… documentos, coisas, últmos acertos pro final de um ano que não foi o melhor que eu tive, mas está sendo de uma intensidade absurda. Estou meio preocupada, meio ansiosa, mas vai dar pra resolver tudo. I’m not alone anymore, so if I need something I just have to ask for a little help of my friends…

Its so good to feel like I’m in a family again, its so good to be “adopted” again.

(more…)

Just watch it all come true Wednesday, December 10, 2008

Posted by Ágata in "Querido Diário".
add a comment

Ok, eu ainda nem sei o que fazer com tanta opção – quero baixar músicas, quero escrever. Na verdade, acho que se sobresse um pouco de tempo eu solucionava isso do que fazer, but…

As previsões são boas. Festa no fim de semana maravilhosa, fantástica, incrível. E agora vem mais novidades, e agora é jogar essa idéia de estar/ficar sozinha pra lá. Tá, eu sei, eu sei. É isso e parar de me cobrar e me culpar demais por coisas que, bom… eu sei que podia fazer diferente, mas não adianta. Já faço muito, vou fazer mais ainda, mas não sozinha, não me culpando de nada.

E a parte melhor de todas, mudando completamente de assunto? Oficialmente matriculada na PUC, \o/!

E me fudi descobrindo que o horário não é o que eu esperava. Mas, bom, vamos ver. Sem trabalho eu não fico :)

E, gente, juro que to tentando reacostumar a escrever no blog. As coisas andaram apertadas (pra variar). Mas vai desapertar agora, ok? Juro que vai.

Agora dá licença que eu quero terminar um conto pra postar amanhã….

E amanhã, se deus quiser, também vai ser um dia muito bom. Ah, porque eu quero. E estou indo falar contigo, tá…

Eu Sou o Mensageiro[2] – Marcus Zusak Friday, December 5, 2008

Posted by Ágata in Citações.
1 comment so far

Quando ela se vai, eu a imagino se virando e dizendo: “Você poderia voltar pra me pegar de manhã, Ed?”

Mas ela não se vira.

Ela se foi.

Alice não mora mais aqui.