jump to navigation

Doubtful mind Wednesday, September 30, 2009

Posted by Ágata in Citações, Pensando..., Poesia.
1 comment so far

Gastei uma hora
pensando num verso
que a pena não quer escrever.
No entanto, ele está cá dentro
inquieto, vivo.
Está cá dentro e não quer sair.
Mas a poesia deste momento
inunda toda a minha vida.

– Carlos Drummond de Andrade (more…)

Advertisements

Voa, andorinha Tuesday, September 29, 2009

Posted by Ágata in "Querido Diário".
add a comment

Eu me sinto quase culpada de não andar escrevendo E quase culpada por mim, mesmo. Tem acontecido taaaaanta coisa legal que eu acabaria fazendo um monte de post estilo diário só pra depois eu reler e me lembrar dessas coisas todas.

Mas agora, tá tudo bem mais tranquilo. As duas últimas semanas foram cheias, corridas, trabalhosas e com serissimas restrições orçamentárias (meh), mas ainda assim, acabaram sendo divertidas. Almoços, aulas, video-game (não adianta, sou péssima em joguinhos de corrida), canseira extrema, estudar gramática, me ver de repente tendo que ir no Cine (MEDO daquele lugar), acabar parando na DDK (lol), acabar sendo repentina e agradavelmente raptada pruma terra distante e uma casa estranhamente familiar, com direto a comida, pastel, sorvete, bolo, brigadeiro de panela e tudo mais que eu podia querer pra engordar enquanto trabalho @_@, resfriado chatíssimo, voz de pato, frio de SP, dia enrolando brigadeiro, discussões deste e de outros mundos com a Thamires, muuuuuuuuuitos doces e presentes, muitos abraços gostosos, despedida do Bruninho, últimos abraços no Jacareh (que foi eleito o melhor abraço do mundo por mais gente desse mundo e do outro do que eu poderia esperar) (e que eu agora sinto falta pq não tenho mais nada pra agarrar na hora de dormir ><), Werewolf the Forsaken, conversas de madrugada, por do sol no arpoador, uma lança meio ciumenta e uma ágata morrendo de preguiça.

A tão esperada prova passou, e eu acho que fui muito bem. Na tradução, adorei ver um contrato misturado com equipamentos técnicos, fiz em 15 minutos. A versão foi mais cuidadosa, eu não sabia algumas palavras mas ri, reli e li novamente tudo e acredito que pode não ter ficado perfeito, mas ficou bem feita. Agora é esperar até 30/10 pelo resultado. Vamos ver, vamos ver.

E agora que não tem mais isso pra me preocupar, a vida parece tão estranhamente calma e com tempo… com tempo pra finalmente arrumar minhas coisas, deixar tudo bonitinho, tentar botar leituras e séries e animes e jogos em dia finalmente, e ir sendo bem chatinha com dinheiro (ok, com a ajuda externa mais que necessária, mas eu chego lá) porque até o fim do ano vai ter muita coisa pra lá de legal acontecendo onde vai valer a pena não só gastar, mas aproveitar muito.

E é isso. Vou dormir, amanhã tem que trabalhar e tem mais um bocado de coisa pra fazer. Enquanto isso, ouço mais um pouquinho de Miyavi e choro por não ter ganho na mega sena pra poder ir no show dele semana que vem XD

Se um viajante numa noite de inverno – Italo Calvino Thursday, September 17, 2009

Posted by Ágata in Citações.
Tags: ,
add a comment

“Se um viajante numa noite de inverno, fora do povoado de Malbork, debruçando-se na borda da costa escarpada, sem temer o vento e a vertigem, olha para baixo onde a sombra se adensa numa rede de linhas que se entrelaçam, numa rede de linhas que se entrecruzam no tapete de folhas iluminadas pela lua ao redor de uma cova vazia. ‘Que história espera seu fim lá embaixo?’, ele pergunta, ansioso por ouvir o relato”. (more…)

Yup Wednesday, September 16, 2009

Posted by Ágata in "Querido Diário".
add a comment

E aí eu digo “não falei que não era pra se preocupar” e aproveito pra fingir que eu nem tava tão neurótica assim. Claro que não. Rá.

Como se eu já não tivesse com coisa o suficiente pra me deixar ansiosa.

Essa semana e a próxima tão que tão… sempre na correria, sempre com mil coisas na cabeça e mais um milhão pra fazer (“um milhão de coisas imprescindíveis, que acabam ficando eternamente adiadas“), tentando me controlar pra não me cobrar demais e ao mesmo tempo não me acomodar demais, tentando e tentando e tentando e fazendo e fazendo e fazendo.

Coisas, coisas e mais coisas. Quem fica parado é defunto XD

Fali – updated Monday, September 14, 2009

Posted by Ágata in Música.
Tags: , , ,
2 comments

AC/DC confirmou em São Paulo, 27 de novembro.

Link no G1.

E além de tudo o Killers cancelou o show no Rio e vai tocar só em SP.

Será o benedito que eu vou ter que passar uma semana em Sampa pra conseguir ir nesses dois shows? Por dois meses seguidos? Eu vou ganhar o prêmio de filha do ano desse jeito, numépossível.

Higher now Sunday, September 13, 2009

Posted by Ágata in "Querido Diário", Lembranças.
add a comment

E foi até bom fazer o outro caminho, porque eu descobri que no meio dele tava tendo feira e pude comprar por 2,00 uma garrafa grandona de caldo de cana beeeeeem gelado pra beber no sol de mais de 30 graus do Rio de hoje, eu e minha blusa preta e meu mp3 tocando Killers altissimo.

Sol que, aliás, eu reparei quando fui tomar banho agora pouco, fez com que eu ficasse com um pouquinho só de marca onde acabava o ombro e o decote da blusa, e isso me fez rir. Rir de até certa descrença de, depois de ter virado a noite, ter andado pela beira de praticamente copacabana inteira quase meio dia, debaixo daquele sol filhodaputa, conversando assuntos tão incongruentes com o calor e a luz do sol, mas tão incongruentes que acabaram até perdendo o peso tão grande que tinham.

Vontadezinha de praia. Quem sabe essa semana… (more…)

É, né? Friday, September 11, 2009

Posted by Ágata in "Querido Diário".
add a comment

O que eu posso dizer? Realmente não tem ponto sem nó.

Foi absolutamente tudo dar errado ontem, a internet pifar, o dia não prestar, cansar, dar pesadelo…

Que antes de dormir eu desisti, desliguei o pc e fui pegar um livro pra ler. E peguei um que, mal eu deitei com ele e a luminária acesa, já me deu mais luz do que eu poderia pensar. Sei bem porque aqueles problemas todos de ontem aconteceram… sei bem e entendo, e admito que mereço. Tava precisando mesmo.

Agora pro resto desse mês, vamo que vamo!

Afinal, não vai ter como distrair mesmo… XD

Tooi sakebi Thursday, September 10, 2009

Posted by Ágata in "Querido Diário".
add a comment

Aaaaaahhhhhhhhh, como eu ODEIO ter que fazer o que eu acabei de fazer…… :/

Crappy crappy crappy CRAPPY day! ><

The Hermit Wednesday, September 9, 2009

Posted by Ágata in Pensando..., Textos aleatórios, What the fuck?.
3 comments

You are The Hermit

Prudence, Caution, Deliberation.

The Hermit points to all things hidden, such as knowledge and inspiration,hidden enemies. The illumination is from within, and retirement from participation in current events.

The Hermit is a card of introspection, analysis and, well, virginity. You do not desire to socialize; the card indicates, instead, a desire for peace and solitude. You prefer to take the time to think, organize, ruminate, take stock. There may be feelings of frustration and discontent but these feelings eventually lead to enlightenment, illumination, clarity.

The Hermit represents a wise, inspirational person, friend, teacher, therapist. This a person who can shine a light on things that were previously mysterious and confusing.

What Tarot Card are You?
Take the Test to Find Out.

(more…)

Layover – Charles Bukowski Monday, September 7, 2009

Posted by Ágata in Poesia.
Tags: , , , , ,
add a comment

Making love in the sun, in the morning sun
in a hotel room
above the alley
where poor men poke for bottles;
making love in the sun
making love by a carpet redder than our blood,
making love while the boys sell headlines
and Cadillacs,
making love by a photograph of Paris
and an open pack of Chesterfields,
making love while other men – poor folks-
work.
That moment – to this. . .
may be years in the way they measure,

but it’s only one sentence back in my mind –
there are so many days
when living stops and pulls up and sits
and waits like a train on the rails.
I pass the hotel at 8
and at 5; there are cats in the alleys
and bottles and bums,
and I look up at the window and think,
I no longer know where you are,
and I walk on and wonder where
the living goes
when it stops.