jump to navigation

Yeah, some days… Thursday, March 25, 2010

Posted by Ágata in "Querido Diário", Citações.
add a comment

… are made to be wasted.

“A gente vai embora enquanto os outros – o que não é de estranhar – continuam onde estavam, fazendo o que sempre fizeram; e, quando voltamos, ficamos surpresos (…) de ver que eles continuam lá, (…) sem nenhuma vontade de sair dali”

– Philip Roth (more…)

Advertisements

Bah, Porto Alegre é tri! Thursday, March 25, 2010

Posted by Ágata in "Querido Diário".
add a comment

Então, né.

Eu tava morrendo de medo/ansiedade de pegar a porcaria do avião (n00b é foda…), deu merda com a passagem, fiquei duas horas a mais esperando no aeroporto e acabei só chegando lá mais de meia noite. Mas não morri nem do coração nem do avião caindo, apesar do medo na decolagem e aterrisagem… então acho que fui bem XD

E quando desci pro saguão grande pra pegar a mala despachada (contando sempre com a gentileza de um ogro bêbado dos funcionários da TAM para com as bagagens), estava lá do outro lado de vidro o anão mais alto que eu já vi com um cabelo todo bagunçado, e eu pude ficar feliz que o Will foi lá me buscar mesmo eu tendo chegado três horas depois do combinado :D (more…)

In between days – The cure Monday, March 22, 2010

Posted by Ágata in "Querido Diário", Música.
add a comment

Yesterday I got so old
I felt like I could die
Yesterday I got so old
It made me want to cry

Go on go on
Just walk away
Go on go on
Your choice is made
Go on go on
And disappear
Go on go on
Away from here
(more…)

What to do? Monday, March 22, 2010

Posted by Ágata in "Querido Diário", Pensando....
add a comment

When you know that you can dream of anything and just go and do it?

When you know that you can just throw it all away and (re)start again?

When you feel that you don’t belong anywhere, and since you don’t have roots…

(sometimes I wish I had. Sometimes I wish I had a tradition. Perhaps not having anything is also a kind of tradition)

First time ever that I wanted a big and peacefull place with few people around. But not the first time that I felt what I felt when I came back.

Am I this inconstant? Or am I just changed?

(more…)

Lá vou eu Thursday, March 18, 2010

Posted by Ágata in "Querido Diário".
1 comment so far

Torçam pro avião não cair, crianças.

Aaaaaaarrrrrgggggggtttttt, estou ansiosa.

XD

Vamos ver no que vai dar isso tudo, né? Se com toda essa confusão ainda vai sair uma coisa divertida.

Boa viagem pra mim o/

Assim Wednesday, March 17, 2010

Posted by Ágata in Poesia, Textos aleatórios.
add a comment

Tem dias que são simplesmente assim – acordam já mais cinza que os outros, eu acordo mais sozinha que os outros, e parece que toda poesia do mundo não me basta.

Talvez ainda o Caeiro me dê um alívio na alma, e o Antoine me faça ter esperança (mas essas malditas flores, como são confusas!), e o Carlos me faça chorar. Talvez eu ache mais alguma coisa pra ler. Talvez eu nem tenha tempo de procurar.

Mas anyway, isso também vai passar.

E chove sem saber por quê..
E tudo sempre foi assim!
Parece que vou sofrer
Pirulin lulin lulin

And I try Tuesday, March 16, 2010

Posted by Ágata in What the fuck?.
add a comment

and I try, I try and try and try. (more…)

Another weird dream Tuesday, March 16, 2010

Posted by Ágata in Pensando..., What the fuck?.
add a comment

Dessa vez, era uma sala grande, cheia de caixas de papelão empilhadas e cheias e vazias. E tinha alguém lá dentro, que me disse que a sala grande era minha cabeça. Mas nem precisava ter dito, porque eu já sabia disso, do jeito como a gente sempre sabe de certas coisas em certos sonhos.

E a pessoa que estava lá (que eu nem lembro se era homem ou mulher) disse que era pra organizar tudo que era pra ficar e o que era pra jogar fora (como na nossa conversa de sabado a noite, lembra, babe?). E eu já sabia o que botar nas caixas de ir embora. Caixas com coisas que eu queria queimar, pra nunca mais sentir, pra nunca mais pensar, como se nunca tivessem existido e nunca tivessem tido a importância toda que eu dei – que eu dei, porque de fato não existe (é isso que minha cabeça diz, que meu pensamento diz, como eu gostaria de sentir tão evoluída como meu pensamento pensa as vezes).

E essas coisas eu tenho vontade de queimar, de esquecer, que eu gostaria de nunca ter feito.

Mas aí eu já fiz, e aí a gente faz o que? (more…)

Ufa… Wednesday, March 10, 2010

Posted by Ágata in "Querido Diário".
add a comment

Pensamentos aleatórios. Preguiça e sono, mas se dormir agora meu relógio biológico vai ficar ainda mais fodido – como se isso fosse possível e etc. Será que eu tinha que ter assinado um contrato pra poder dormir pelo menos 6h por noite com alguém e ninguém me avisou?

Ao menos é por um bom motivo. Cheia de trabalho e coisas boas que vão trazer resultados e tals. A parte ruim é que o tempo, bom…

O quarto vai ficando cada vez mais e mais zoneado, eu fico pensando em quantas coisas eu tenho que resolver e ligar durante o dia mas nunca dá tempo (porque eu tenho que dormir em alguma hora, né?), eu queria poder resolver tudo pela internet. Compras a fazer pra viagem de semana que vem, não vai dar pra ver metade das pessoas que eu queria ver em SP agora nesse fim de semana, e mais coisa e mais coisa e mais coisa. E ainda tem a faculdade que, com sorte e com ajuda dos correios, eu começo já semana que vem.

E aí você junta as aulas de dança, os clubes, os contos, as idas ao Cafeína, os jogos de RPG, as festas pra se ir, os almoços pra se ter, séries que eu quero terminar de ver, livros que eu quero terminar de ler, o trabalho oficial, os freelas, os passeios, as visitas, as arrumações da casa, as ratinhas, o raio do resfriado que me pega do nada…

Acho que pra quem tava tão desanimada de não ter nada pra fazer da vida, a roda da fortuna girou de novo, hein?

Cansa, mas é bom :)

my doom smiles at me – Charles Bukowski Wednesday, March 10, 2010

Posted by Ágata in Citações, Poesia.
2 comments

there’s no other way:
8 or ten poems a
night.
in the sink
behind me are dishes
that haven’t been
washed in 2
weeks.
the sheets need
changing
and the bed is
unmade.
half the lights are
burned-out here.
it gets darker
and darker
(I have replacement
bulbs but can’t get them
out of their cardboard
wrapper.) Despite my
dirty shorts in the
bathtub
and the rest of my dirty
laundry on the
bedroom floor,
they haven’t
come for me yet
with their badges and their rules and their
numb ears. oh, them
and their caprice!
like the fox
I run with the hunted and
if I’m not the happiest
man on earth I’m surely the
luckiest man
alive.