jump to navigation

And not let go of my hand Saturday, February 27, 2010

Posted by Ágata in "Querido Diário", Música.
add a comment

I don’t know where we come from
Don’t know where we’re goin’ to

But if all this should have a reason
We would be the last to know
So let’s just hope there is a promised land
Hang on ’til then
As best as you can (more…)

Advertisements

Why do you waste my time? Friday, February 26, 2010

Posted by Ágata in "Querido Diário".
add a comment

To cansada de ouvir  pessoas que podem até querer meu bem, mas que só querem e consegue acabar com a minha paz de espírito e paciência.

Tô cansada também de me preocupar. E de pensar.

E acho que estou até cansada de ter medo de algumas coisas, de evitar algumas atitudes.

O diabinho ganhou pelas próximas rodadas ;)

Tuesday, February 16, 2010

Posted by Ágata in Lembranças, Música, Pensando....
add a comment

You say it’s not a problem
You say it’s meant to be
But love is not an option
our love is never free

And things are not so easy
so cold and we’ve been burned
I know that I’ll have regrets
but that’s the price of one more lesson learned

1.. 2.. 3… 4, 5, 6, 7,
Right face wrong time, she’s sweet
(But I don’t wanna fall in love)
Too late, so deep, better run cause
(but I don’t wanna fall in love)
Can’t sleep, can’t eat, can’t think straight
( I don’t wanna)
(more…)

Nham Monday, February 15, 2010

Posted by Ágata in "Querido Diário".
add a comment

Minha internet anda morrendo, ai volta, ai morre de novo…

Mas tudo bem, pq agora eu tenho Glee pra assistir :D

E vamos ver o que mais anda rolando, o carnaval não tem sido assim tão ruim, e eu só quero que fevereiro acabe logo pra começarem as aulas.

(é, por incrivel que pareça XD)

A boa de hoje inclui morgar, provavelmente. Yey o/

The Tower Tuesday, February 9, 2010

Posted by Ágata in Textos aleatórios.
add a comment

I’m gonna break down everything that I don’t like in me.

And I’m gonna rebuilt it the way I will appreciate it most, for my own rejoice.

And I’m gonna find home.

A beautiful and welcoming home.

Because perhaps that’s what I really want. A place to make my own paradise. A safe ground. Altough I don’t know yet what exactly is a “safe ground”. Is it made of words, always so fragile? Or of actions, meaninless? What is safe?

I have to stop being so dramatic (but I don’t believe I will stopp feeling this deep). And I have to stop being this perfectionist and cruel with myself. I have to leran how to surpass the Three of Spades.

And then I will find what is safe within my heart.

In the middle of silence, I shall  find my peace. I shall find the blueprints to whatever I want to built from the ruins of my own old thoughts. And I shall learn… and I shall rest.

Because I will never let myself down. I will never lose.

And, after all, I’m better now :)

Os dragões não conhecem o Paraíso – C. F. Abreu Wednesday, February 3, 2010

Posted by Ágata in Citações.
1 comment so far

Os dragões não permanecem. Os dragões são apenas a anunciação de si próprios. Eles se ensaiam eternamente, jamais estréiam. As cortinas não chegam a se abrir para que entrem em cena. Eles se esboçam e se esfumam no ar, não se definem. O aplauso seria insuportável para eles: a confirmação de que sua inadequação é compreendida e aceita e admirada, e portanto – pelo avesso igual ao direito – incompreendida, rejeitada, desprezada. Os dragões não querem ser aceitos. Eles fogem do paraíso, esse paraíso que nós, as pessoas banais, inventamos – como eu inventava uma beleza de artifícios para esperá-lo e prendê-lo para sempre junto a mim. Os dragões não conhecem o paraíso, onde tudo acontece perfeito e nada dói nem cintila ou ofega, numa eterna monotonia de pacífica falsidade. Seu paraíso é o conflito, nunca a harmonia.

Fazer o que? Monday, February 1, 2010

Posted by Ágata in Pensando....
add a comment

Ultimamente eu só não tenho tido vontade de escrever aqui.

Não que não tenham acontecido várias coisas, ou coisas que me fazem pensar ou que tem sido até bastante interessantes de um ou outro jeito.

Mas…

O conforto virtual desse lugar aqui não anda muito em alta.

Tem me confortado mais patinhas subindo por cima de mim ou conversas e pessoas que faziam falta já tem um tempo – ao vivo. O virtual não anda me satisfazendo. Nem me agradando. Etecétera e tal. Eu ando preferindo ouvir vozes.

Por um tempo, acho que vai ficar mesmo mais parado ou só com uma ou outra citação.