jump to navigation

Nothing but this carnival of rust Monday, April 26, 2010

Posted by Ágata in Textos aleatórios.
add a comment

Daqui do meu quarto no hotel, de noite que é quando tudo mais fica quieto, dá pra ouvir o mar quebrando na praia.

Essa noite, ele está barulhento, agitado, inquieto, como quem não aguenta mais ficar parado e quer fazer algo, nem que seja um estrago grande.

Hoje eu queria poder ouvir só o mar bravo, ao invés das vozes. Queria ver só as ondas, ao invés de rostos. Queria poder só olhar pro céu e dormir,

Esperando que a inquietude do mar talvez aplaque um pouco da minha.

Advertisements

Don’t Rain on My Parade Friday, April 23, 2010

Posted by Ágata in Música.
add a comment

Don’t tell me not to live,
Just sit and putter,

Life’s candy and the sun’s
A ball of butter.

Don’t tell me not to fly–
I’ve simply got to.
If someone takes a spill,
It’s me and not you.

Who told you you’re allowed
To rain on my parade!

I gotta fly once,
I gotta try once,
Only can die once, right, sir?
Ooh, life is juicy,
Juicy, and you see
I gotta have my bite, sir!

Get ready for me, love,
cause I’m a commer,
I simply gotta march,
My heart’s a drummer.

Don’t bring around a cloud
To rain on my parade!

I’m gonna live and live now,
Get what I want–I know how,

One roll for the whole show bang,
One throw, that bell will go clang,
Eye on the target and wham
One shot, one gun shot, and BAM!

(more…)

Lyrics Wednesday, April 21, 2010

Posted by Ágata in Música.
add a comment

I can see it in your eyes,
That you despise the same old lies
You heard the night before

***

It’s in the water baby,
It’s in the special way we fuck,
It’s in the water baby,
It’s in your family tree,
It’s in the water baby,
It’s between you and me.

***

You are one of God’s mistakes,
You crying, tragic waste of skin,
I’m well aware of how it aches ,
And you still won’t let me in.
Now I’m breaking down your door,
To try and save your swollen face ,
Though I don’t like you anymore,
You lying, trying waste of space..

My Oh My.

A song to say goodbye

***

When you see my face
I hope it gives you hell, I hope it gives you hell
When you walk my way
I hope it gives you hell, I hope it gives you hell
If you find a man that’s worth the damn and treats you well
Then he’s a fool you’re just as well hope it gives you hell

Wednesday, April 21, 2010

Posted by Ágata in "Querido Diário".
add a comment

Eu e meus sonhos malucos.

Se bem que, de forma geral, não tenho dormido bem ultimanente. Aff…

E além de tudo, hoje consegui acordar com cara de inchada e gosto de ressaca sem nem ter bebido. Ê beleza…

As coisas boas… Monday, April 19, 2010

Posted by Ágata in "Querido Diário".
add a comment

É bom poder fazer algo diferente. Gastar energia nas coisas. Andar e andar e andar e andar. Andar é uma das poucas coisas que nunca me enjoam. Apesar de que os caminhos, eles sim, quando ficam repetidos demais. Preciso de lugares diferentes, distâncias diferentes, uma vista nova.

Acho que é um problema, sabe, enjoar tão rápido de praticamente tudo.

Eu lembro na época antes de começar a trabalhar em que era acordar, ver se eu ia ter dinheiro ou ânimo ou ambos pra ir pra faculdade, e acompanhar toda a programação da tv aberta. Os desenhos do meio dia, as séries toscas dubladas do sbt, Xena, qualquer outra coisa à toa que estivesse passando.

Não lembro o quanto isso me desesperava ou o quanto eu era mais relaxada por conta disso, não lembro se eu só conseguia aguentar porque tinha gente com quem conversar em casa, ou se já naqueles dias a gente nem conversava tanto assim. Não lembro. (more…)

Pedro Mariano – Colorida e Bela Sunday, April 18, 2010

Posted by Ágata in Música.
add a comment
Sonha demais e não vive
Pensa
demais e não fala
Guarda
demais e não cabe
Sofre
demais e não grita

Ama demais e não dorme
Chora
demais e não muda
Acha
demais e não sabe
Muda
demais e não gosta

Anda demais e não pára
Corre
demais e não chega
Sente
demais e não ama
Gosta
demais e não deixa

Doa demais e não pede
Luta
demais e não ganha
Troca
demais e não serve
Dorme
demais e não sonha

Precisa abrir a janela
A vida é colorida e bela

Simplesmente Sunday, April 18, 2010

Posted by Ágata in Textos aleatórios.
add a comment

Eu queria que as coisas voltassem ao normal.

Acho que isso só tá bom, né?

Friday, April 16, 2010

Posted by Ágata in "Querido Diário".
add a comment

Só pq no final, não tem nada a ver com ninguém nem com porra nenhuma.

And that’s it, only it. (more…)

Canteiros – Cecília Meireles Tuesday, April 13, 2010

Posted by Ágata in "Querido Diário".
add a comment

Nem aquilo a que me entrego
Já me dá contentamento
Pode ser até manhã
Cedo claro, feito o dia
Mas nada do que me dizem
me faz sentir alegria
(more…)

Alguns pensamentos aleatórios Wednesday, April 7, 2010

Posted by Ágata in Textos aleatórios.
add a comment

Confiança, pra ser confiança, tem sempre que ser cega.

Puta merda, nunca tinha pego uma procuração tão escrotamente chata de fazer.

Ver sol e céu azul pela janela nunca me animou TANTO.

Eu realmente não presto pra ficar em casa o dia inteiro sem ter o que fazer. Enlouqueço. Tenho mesmo problemas graves com o tédio.

Eu queria que tivesse um botão de “dica”, só pra saber o que é que eu preciso aprender, só pra saber se estou indo pelo lado certo ou não.

Quero de volta o colchão de molas, a hidromassagem quente, o cobertor fofinho, a companhia e a impressão de que ‘mundo lá fora’ é só um boato que andaram espalhando por ai.

Tô com certos planos pra me organizar melhor. Ainda assim, restam dúvidas. Até quando, até onde?

Tem diferença entre o que eu realmente quero e o que eu quero poder provar?

Pra que querer provar algo mesmo? É bem melhor simplesmente deixar rolar, com vontade e com desejo, mas sem expectativa.

Hmm… acho que o negócio comigo é exatamente conseguir separar a força de vontade e o desejo pra fazer da expectativa. Tem como? Se tem, como faz?

Talvez…

Talvez haja um jeito…

;D