jump to navigation

As vezes é tudo tão simples Wednesday, August 26, 2009

Posted by Ágata in "Querido Diário", Pensando....
trackback

Claro que nem sempre. Claro que nem sempre é fácil de perceber. Claro que a gente adoooora complicar as coisas, essa natureza humana meio babaca.

Claro que eu não sou de ferro. Claro que as vezes eu fico meio confusa com as coisas.

Mas quando eu fico confusa, dura no máximo meia hora. Não deixo que dure mais que isso. Não deixam que dure mais que isso. Talvez a confusão até seja mais longa, mas o sofrimento por confusões é sempre curto. É como se, quando tudo começa a ficar demais pra minha cabeça, viesse um turbilhão de pessoas me pegando pelos ombros, me girando e balançando e jogando tudo que eu não quero pra longe.

E aí já estou tranquila de novo, já sei o que fazer de novo, já tenho certeza que farei tudo que for o melhor de novo. Emocional demais, sim. O que me faz balancear isso sendo racional demais, também. O que faz com que eu tenha chegado a um ponto interessante: aproveito com todo meu emocional, e lido com as coisas que me incomodam com todo o meu racional. Aproveito o melhor das duas coisas, rá ^^

E indo de pato pra ganso, matrícula na academia feita. Ai ai. Bora testar a aula de yoga?

Me desejem sorte :P

Advertisements

Comments»

No comments yet — be the first.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: