jump to navigation

Cai, não fica nada Sunday, June 8, 2008

Posted by Ágata in "Querido Diário", Música.
trackback

Querido, querido blog:
(e ninguém precisa ler esse, porque é mais desabafo/revolta do que outra coisa)

Cada dia eu aguento menos, não que aguentasse antes. Mas, porra. Sabe, as vezes eu fico pensando que é paranóia minha, e que vai ser melhor se eu esperar até setembro, com tudo mais certo e com mais grana no bolso. Mas não dá. Eu não consigo engolir os dias por aqui, eu não suporto, e tampouco suporto ser hipócrita e fingir que suporto. Ou seja: me isolo. E, sabe, isso não é lá muito bom, levando em conta que o PC fica na sala e que eu preciso dele pra trabalhar. Aí acontece isso: atraso, não consigo me concentrar, e fico nervosa pelas coisas ficarem atrasadas.

Os dias tem sido ótimos sim… o que eu passo fora de casa. O negócio é acordar cedo, fazer o que tem pra fazer por aqui, e vazar pra rua – e aproveitar pra dar uma de João do Rio e sair por aí olhando a paisagem. O que sempre me deixa de ótimo humor :)

O que acaba comingo é ter que ficar o dia todo aqui, já que tenho que terminar de trabalhar, já que não consegui durante a semana. Credo, isso sim vai me dar uma gastrite nervosa. Perdi a vontade de ajudar há muito tempo atrás, apesar de ter perdido mesmo a paciência há menos tempo. Mas nossa, tô só esperando virem me perguntar. Só isso. Pode até me expulsar, não ligo. É até um favor que me fazem.

Não é que eu não goste, sabe? Eu adoro. Só não consigo mais conviver. Quer se afundar, afunda, que eu já joguei todas as bóias que podia. Mas não me leva junto não, vagabundo.

This house is no longer a home…

E olha, engraçado que com o plano que eu tô algumas pessoas vieram me perguntar se eu não vou achar ruim, se não vou me sentir sozinha. Sozinha? Ano passado eu quase tentei e não consegui, porque tentei fazer a coisa errada: tentei me isolar do mundo todo através do trabalho. Desta vez estou melhor, fazendo as coisas com mais calma e mais certeza, e com outros objetivos. Estar sozinha… não é ruim quando a gente aprecisa a própria companhia. E na falta dela, meus planos são um companheiro de patinhas, hohoho. Não acho que vá me sentir sozinha, ou melhor: não acho que o estar sozinha vá ser pior do que estar numa casa cheia de gente e se sentir sozinha & nervosa. Na boa, prefiro um cachorro.

Sem ofensas nem comparações, claro.

Cai o rei de Espadas
Cai o rei de Ouros
Cai o rei de Paus
Cai não fica nada…

Advertisements

Comments»

No comments yet — be the first.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: