jump to navigation

Um pequeno momento de braveza Monday, February 25, 2008

Posted by Ágata in "Querido Diário".
trackback

Então que hoje foi o testezinho pra nivelamento pro curso preparatório pro concurso de tradutor juramentado, curso este que é oferecido pela PUC-Rio e que uma das organizadoras é ex-professora minha da faculdade, me deu aula no segundo período.

Então que eu sei muito bem que meu currículo não impressiona, que o mercado de tradução principalmente de inglês é uma panelinha de comadres já saturada de gente, e que a maioria das pessoas que também estava lá deve ter mais anos de experiência do que eu tenho de idade.

Então que eu sei muito bem que não aprendi a traduzir em nenhum curso caro e que não tenho nenhum documento comprovando a minha capacidade.

Mas eu sei que não tenho documento, não tenho curriculo e não tenho tanta experiência, mas desde que eu entrei naquela droga de faculdade é sobre tradução que eu estudo, é sobre tradução que eu leio, é sobre tradução que eu assisto palestras, e desde que eu comecei no estágio até virar tradutora externa como sou hoje, eu sei que aprendi muito. Eu sei que eu sou boa nisso. De verdade. Eu sei que é o que eu quero fazer. É minha profissão, e quanto a isso eu ajo sempre da forma mais profissional possível.

Daí que ouvir a professora me chamando de canto depois que eu fiz a provinha pra perguntar qual era minha experiência e formação e sugerindo gentilmente que meu lugar não era ali, e sim no curso básico, foi algo que me deixou muito puta.

Ela tem todo o direito de duvidar da minha capacidade como tradutora, porque isso a prova que eu fiz vai mostrar o quanto eu sou boa, e eu sei que mostra. Agora, ela não tem direito de duvidar do meu profissionalismo só por eu ser nova, e muito menos me tratar como se eu fosse uma ex-aluna patricinha que acabou de sair do CCAA e não tinha mais o que fazer, por isso resolveu ser tradutora e tentar o curso de tradutor juramentado.

Eu posso talvez não ser mesmo boa o bastante pra um curso desses ainda, e realmente não faço idéia de como eu vou pagar, mas quero ser vista e tratada no mercado como a profissional que eu sou, e não como uma ex-aluninha adolescente.

Pronto, passou a bronca u_u

Advertisements

Comments»

1. epiferialesia - Sunday, May 16, 2010

Hi people agarota.wordpress.com! Excellent this site, but most of messages here are not related to its contents… agarota.wordpress.com And I cannot find… Send the information! To whom is the link to the necessary? or ” Peer Pressure It’s not farfetched to suppose that if Fred wants it more often than Louise does he might pester her to ask her doctor about that drug in the ad on TV until she finally caves in.We argue that while previous medically-oriented research in this area has generally assumed an unproblematic link between Viagra use and the resumption of penetrative sex within heterosexual relationships, more attention needs to be paid to partners’ perspectives and desires, and to the specific dynamics of any given relationship.It is very frustrating to only be able to communicate by e-mail when you have a problem. generic viagra buy online – xbmk – 79430 viagra sample 67915 – mp Good luck!


Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: